cafe filosófico

2012 – 100 anos inventando o contemporâneo – Café Filosófico Módulo – Família

As novas formas de estruturação social e os laços afetivos contemporâneos apontam outros caminhos. Conceber a família de hoje como mero desarranjo da família tradicional não nos ajuda a compreender as mutações que esta instituição sofreu ao longo do século 20, mas o olhar histórico, sem dúvida, é essencial para pensarmos a família contemporânea. Essa edição do Café Filosófico CPFL discute a evolução da família brasileira, ao longo dos últimos 100 anos, as questões ligadas à adolescência e a história da educação dos filhos, buscando lançar luz sobre os novos desenhos traçados pela família.

A evolução da educação de filhos – Rosely Sayão

As formas de educar os nossos filhos são variadas. Mesmo hoje em dia, diversas são as opiniões sobre a melhor maneira de formar nossas crianças para serem futuros adultos éticos e de bom caráter. Pensar a evolução da educação dos filhos ao longo dos anos, suas bruscas alterações ao longo do século XX e suas permanências é repensar o que ainda fazemos de errado e o que já melhoramos na construção educacional do futuro. Mudanças econômicas, sociais e até mesmo tecnológicas fizeram com que as práticas de nossos pais, avós, bisavós e outras gerações anteriores, já não fossem válidas; mas não podemos descartar o que ainda é preciso manter dessas tradições educacionais.

Neste encontro, Rosely Sayão traça a evolução da educação dos nossos filhos. E provoca a reflexão sobre nossos erros para que arrisquemos projetar o futuro para a educação dos que mais amamos.

VÍDEO

Rosely Sayão, psicóloga e consultora em educação, colunista do jornal Folha de São Paulo

Sobre a palestrante

Currículo na PubliFolha

http://publifolha.folha.com.br/catalogo/autores/447/

Blog da Rosely Sayão

http://blogdaroselysayao.blog.uol.com.br/

Entrevistas

http://www.educacional.com.br/entrevistas/entrevista0040.asp

http://revistaeducacao.uol.com.br/textos/141/artigo234526-1.asp

Artigos no jornal Folha de São Paulo

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/roselysayao/index.shtml

Livros

Como educar meus filhos

http://publifolha.folha.com.br/catalogo/images/cover-135721-600.jpg

Família: modos de usar

http://www.portaldelivros.com.br/CapaGrandePortal.asp?CodigoLivro=158330

Em defesa da escola

http://www.portaldelivros.com.br/CapaGrandePortal.asp?CodigoLivro=17083

Sexo

http://www.portaldelivros.com.br/CapaGrandePortal.asp?CodigoLivro=64089

Sexo é sexo: um livro sobre o prazer e a vida sexual

http://www.portaldelivros.com.br/CapaGrandePortal.asp?CodigoLivro=47588

Sexo: prazer em conhecê-lo

http://www.portaldelivros.com.br/CapaGrandePortal.asp?CodigoLivro=26311

Assista mais vídeos de Rosely Sayão na CPFL Cultura

Módulo: Relações familiares no mundo contemporâneo: a educação dos filhos – 2010
Curadoria: Rosely Sayão, psicóloga
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//programa-anual/relacoes-familiares-no-mundo-contemporaneo-a-educacao-dos-filhos/

09/abril | Filhos… melhor não tê-los?
Rosely Sayão, psicóloga
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//2010/11/12/filhos%E2%80%A6-melhor-nao-te-los-%E2%80%93-rosely-sayao/

 

Adolescentes: ontem, hoje e amanhã – Ivan Capelatto


A adolescência é o período do desenvolvimento do ser humano mais mutante e mais variável.

No início do século XIX, não tínhamos, de maneira psicológica, uma adolescência: as crianças saíam de sua dura e privada infância e entravam numa escalada de vida adulta, muitas vezes já aliada ao trabalho, na própria “coisa” da família, seja um negócio comercial, um negócio agrário, ou iam para negócios de outros, como empregados vitalícios. Poucos continuavam estudos ou se aventuravam em negócios próprios.

No fim do século XIX e meados do século XX, o horror das guerras e o terror das crises econômicas encontram um pequeno adolescente aparecendo, seja para o grito de independência no sentido de se libertar do adulto antecipado, seja para não se tornar esse adulto. Mais tarde, nos anos 50 e 60, surge um adolescente medroso e angustiado, temendo não se encontrar no adulto como um ser livre e feliz. E o mundo das drogas, do rock, do barulho e das turmas, dos rebanhos onde a angústia se aglutinava, aparece como forma de existência de uma vida colorida, barulhenta e infeliz.

Os anos 70 e 80 montam um modelo onde esse adolescente pode existir como adulto, ter filhos, trabalho, mas continuar buscando o seu som, seu barulho, sua bebida, suas drogas e mantendo sua angústia aberta, à vista de tudo e de todos.

O final do século XX e o início do século XXI trazem um novo modelo adolescente: o cérebro atuante modelando o mundo virtual, o som eletrônico e a informação (sem conhecimento, como um poder travestido de saber) e um vazio afetivo, com sujeitos dotados de uma indiferença profunda pelas coisas do mundo, pelas coisas dos outros, pelos movimentos da natureza, e muitos deles voltados ao interesse cada vez maior pelo desligamento da angústia através das drogas, álcool e som.

Penso que teremos, no futuro, uma adolescência onde o mundo e a vida perderão seu sentido; o narcisismo será preponderante, assim como a necessidade do poder pela informação, não pelo conhecimento. Provavelmente muitos desses jovens perderão o senso crítico, pois a distância entre o pensar e o sentir será muito longa.


VÍDEO


Ivan Capelatto, psicoterapeuta de crianças, adolescentes e famílias, mestre em psicologia clínica pela PUC-Campinas

 

Sobre o palestrante

A evolução da família – Joel Birman

Neste Café Filosófico CPFL, Joel Birman aborda alguns impasses e transformações da ordem familiar na contemporaneidade. Para isso o psicoterapeuta lança mãos da comparação, em perspectiva histórica, entre a ordem da família na pré-modernidade, na modernidade e na contemporaneidade.

A questão do sujeito também está em pauta, assim como a da reprodução social vinculada à problemática da governabilidade. As fontes teóricas que informam a reflexão são a psicanálise e algumas proposições da filosofia de Michel Foucault.


VÍDEO


Joel Birman, psiquiatra e psicoterapeuta, professor de psicologia na UFRJ e UERJ

 

Sobre o palestrante


Currículo na plataforma lattes
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4721243T6

 

Entrevistas

http://www.blogacesso.com.br/?p=2854

http://www2.uol.com.br/percurso/main/pcs29/29Entrevista.htm

 

 

Artigos

http://www.scielo.br/pdf/hcsm/v14n2/07.pdf

http://sabereseolhares.com/2012/02/19/a-predacao-e-o-mal-na-contemporaneidade/

http://www.eposgsv.org/arquivos/tatuando.pdf

http://revistacult.uol.com.br/home/2011/05/ser-ou-nao-ser/

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S0103-58352007000100004&script=sci_arttext


Livros

As pulsões e seus destinos

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=2863851&sid=20120721014621590139566318


Mal-estar na atualidade: a psicanálise e as novas formas de subjetivação

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=275583&sid=20120721014621590139566318


Arquivos do mal-estar e da resistência

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=1794378&sid=20120721014621590139566318

Freud e a filosofia

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=22637300&sid=20120721014621590139566318


Gramáticas do erotismo: feminilidade e as s/ forma de subjetivação em psic

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=582239&sid=20120721014621590139566318

 

 

Assista mais vídeos de Joel Birman na CPFL Cultura


Módulo: Subjetivações contemporâneas – 2009
Curadoria: Joel Birman
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//programa-anual/subjetivacoes-contemporaneas/

08/07 – Juventude hoje
Joel Birman
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//2009/12/01/integra-juventude-hoje-joel-birman/

15/08 – Medo violência e política de segurança
Vera Malaguti e Joel Birman
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//2009/12/01/integra-medo-violencia-e-politica-de-seguranca-%E2%80%93-vera-malaguti-batista/

22/07 – Novas formas de sexualidade
Márcia Arán e Joel Birman
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//2011/04/14/novos-sujeitos-novos-relacionamentos-%E2%80%93-joel-birman-e-marcia-aran-2/

29/07 – Relações amorosas e encontros impossíveis
Regina Herzog e Joel Birman
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//2010/10/22/relacoes-amorosas-hoje-%E2%80%93-joel-birman-e-regina-herzog/

Módulo: A psicanálise do século XXI – 2009
Curadoria: Jorge Forbes
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//2009/12/01/a-psicanalise-do-seculo-xxi-lacan-para-desesperados-da-crise/

13/08 – Novas subjetivações e o mal-estar na contemporaneidade
Joel birman
http://www.institutocpfl.org.br/cultura//2009/12/01/integra-novas-subjetivacoes-e-o-mal-estar-na-contemporaneidade-joel-birman/

 

Para saber mais


Revistas especializadas em psicologia e psiquiatria

http://periodicos.pucminas.br/index.php/psicologiaemrevista/

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=0102-7182&script=sci_serial

http://www2.assis.unesp.br/revpsico/index.php/revista/index

http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/scheme

http://www.revispsi.uerj.br/v12n1/sumariov12n1.html

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1413-7372&lng=pt&nrm=iso

http://www.ufjf.br/psicologiaempesquisa/edicoes-anteriores/volume-4-numero-1-junho-2010/

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1516-4446&lng=pt&nrm=iso

 

 

Portal de psicologia – links para bases bibliográficas, videoteca digital, livros eletrônicos de acesso aberto, anais de congressos, terminologias, portais de eventos

http://www.bvs-psi.org.br/php/index.php


Conselho Federal de Psicologia – CFP

http://site.cfp.org.br/


Sociedade Brasileira de Psicologia – SBP

http://www.sbponline.org.br/


Associação Brasileira de Psicologia Social – ABPS

http://www.abrapso.org.br/


Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP

http://abp.org.br/2011/medicos/