Café Filosófico

carlos plastino fala sobre o conceito de patriarcado

palestra gravada em 01/09 | sex | 19h
reflexões sobre uma concepção antropológica além do patriarcado
com carlos plastino, psicanalista e cientista político
uma discussão sobre a transformação da concepção antropológica na contemporaneidade, privilegiando a perspectiva da construção teórica elaborada pela psicanálise não ortodoxa, a partir de sua experiência com o processo de desenvolvimento emocional do ser humano e suas relações com as práticas relacionais vigentes.

.


palestra do módulo Do paradigma da dominação ao paradigma do cuidado
com curadoria de Carlos Plastino
Organizada em torno das ideias centrais de conflito, conquista e dominação como característica fundamental das relações entre os homens e destes com a natureza, o paradigma da dominação apresenta inequívocos sinais de profunda crise. Possuindo raízes profundas no falo/logo centrismo do patriarcado, essa concepção paradigmática sofre o severo impacto da crise do próprio patriarcado. A crise do paradigma apresenta duas características fundamentais: por um lado torna evidente a cristalização de impasses insuperáveis na situação vigente, tornando imprescindível uma profunda transformação das ideias — do imaginário — que geraram a situação em crise; por outro, e na medida que dita transformação, e se configura como uma necessidade, abre uma oportunidade para a criação de um novo imaginário, isto é, uma outra maneira de conceber os homens, suas sociedades e suas formas de produção. Neste contexto, é possível assinalar a emergência de elementos de um novo paradigma, o paradigma do cuidado, sustentado no reconhecimento da alteridade, reconhecimento que tem na empatia natural dos homens sua raiz mais profunda.

Confira os outros programas deste módulo.