Cinema
28
jul

festival de cinema latino-americano | mostra de curtas-metragens

  • sala umuarama, instituto cpfl
  • 15:00

14º festival de cinema latino-americano de são paulo no instituto cpfl

pelo terceiro ano seguido, o instituto cpfl recebe, em sua sala de exibição, em campinas, os filmes do festival de cinema latino-americano de são paulo, que em 2019 chega à sua 14ª edição.

confira a programação:

28/07 | dom | mostra de curtas-metragens

15h | recompor, de patricia ayala ruiz | (colômbia, 2018, 52 min, livre)

a primeira vez que vai ter dinheiro no bolso. recuperará sua identidade para se transformar em cidadão. voltará a ser esteban pérez. entrou para a guerrilha quando menino e vai trocar seu fuzil por um microfone, com o qual pretende seguir na luta política, subirá ao palco diante de amantes do rap e entusiastas da paz. martin batalla continuará o mesmo caminho. um jovem universitário que queria mudar o mundo, vai buscar com suas letras um espaço na sociedade que combateu durante mais de vinte anos. poderemos, à força de canções e toques de paz, recompor um país que precisa deixar para trás o ódio e a violência?

cartas de amor para uma ícone, de gisela rosario ramos | (porto rico, 2018, 54 min, livre)

pela potência de sua voz e sua interpretação inigualável, lucecita benítez é considerada a voz nacional de porto rico. ao mesmo tempo é conhecida como uma artista controvertida por sua ideologia política, e sua presença no rádio e na televisão foi reprimida por um veto nacional. apesar de tudo isto, seus fãs a seguiram ao longo de décadas. são eles os narradores neste documentário, e através de suas histórias e coleções mostram a dimensão de sua admiração por lucecita, fundamental em suas vidas. estão dispostos a pôr seu amor à prova pela única que pode ostentar o título de ícone.

Resultado de imagem para cartas de amor para uma ícone, de gisela rosario ramos

17h | platamama, de alice riff | (brasil, 2018, 82 min, livre)

será uma família de bolivianos deixa para trás seu país, sua cultura e tradições, distancia-se da pachamama, em busca do deus que está nas grandes cidades, o platamama. o documentário acompanha esta família de imigrantes em são paulo que trabalha costurando roupas, vivendo uma vida vinculada ao trabalho, sob uma condição de suspensão: não estão em sua terra de origem e também não estão em terra nenhuma, enquanto o sonho e o consumo são os únicos meios de escape possíveis da realidade.

Resultado de imagem para platamama, de alice riff

acompanhe nossas redes sociais:

▪ facebook: instituto cpfl | café filosófico

▪ instagram: instituto cpfl

▪ youtube: café filosófico | institutocpfl

▪ twitter: instituto cpfl | café filosófico

▪ aplicativo instituto cpfl play: android | iOS