davechisholm
Agenda > de villa a bach

de villa a bach

30/09/2017 20:00

viola caipira e contrabaixo apostam que é possível abrasileirar ainda mais – isso é possível? – o mais brasileiro dos nossos compositores

A conversa entre tradição erudita e música popular não se dá apenas na inspiração de compositores que, ao compor, criam pontes entre universos a princípio distintos. O intérprete também tem papel decisivo nesse processo. É o que faz Neymar Dias, ao recriar na viola caipira obras de Villa-Lobos e Bach, além de composições próprias, reinventando nossa relação com obras-chave do repertório a partir de sonoridades estimulantes.

programa

  • partita nº 3 em mi maior para violino solo - johann sebastian bach (1685-1750)
    prelúdio
    gavotte
    rondó
  • suíte em sol maior para violoncelo - johann sebastian bach (1685-1750)
    prelúdio
    allemande
    minuetto
  • melodia sentimental - heitor villa-lobos (1887-1959)
    modinha - heitor villa-lobos (1887-1959)
    trenzinho do caipira - heitor villa-lobos (1887-1959)
  • blackbird - john lennon/paul mccartney
    cry for no one - john lennon/paul mccartney
  • barroca - neymar dias
  • cantata nº 140: wachet auf - johann sebastian bach
    jesus alegria dos homens - johann sebastian bach

intérpretes

neymar dias

igor pimenta

mais Concertos

villa, bach e até beatles na viola caipira de neymar dias

neymar dias é um dos grandes instrumentistas da cena brasileira atual. tanto é excelente no contrabaixo quanto na viola caipira. em sua apresentação no instituto cpfl de cultura, em campinas, em setembro passado, ele interpretou suas transcrições de obras de bach e villa-lobos; e, acompanhado pelo contrabaixo de igor pimenta, revisitou algumas das mais belas canções dos beatles.