Concertos



villa, bach e até beatles na viola caipira de neymar dias

neymar dias é um dos grandes instrumentistas da cena brasileira atual. tanto é excelente no contrabaixo quanto na viola caipira. em sua apresentação no instituto cpfl de cultura, em campinas, em setembro passado, ele interpretou suas transcrições de obras de bach e villa-lobos; e, acompanhado pelo contrabaixo de igor pimenta, revisitou algumas das mais belas canções dos beatles.

as veias sonoras abertas da américa latina

a voz de timbre inconfundível de renato braz, acompanhada pelo quarteto de violões maogani, propõem uma panorâmica da canção latino-americana, mostrando as características diferentes e sempre encantadoras que ela assume conforme a geografia, seja o “joropo’ venezuelano, a“tonada” chilena, a valsa peruana ou a milonga porteña

uma conversa musical a quatro

assim goethe definiu o gênero quarteto de cordas; este, de sibelius, leva a sério a característica, a tal ponto que foi apelidado de “vozes íntimas”. como contraponto, um movimento isolado de quarteto de webern e o brasileiríssimo quarteto no. 2 de guarnieri