donna arnold
blog > de aluna de schoenberg a dama do punk rock

de aluna de schoenberg a dama do punk rock

relembrando a trajetória multifacetada de dika newlin

Em ótimo artigo recheado de revelações no portal de música contemporânea newmusicbox, Donna Arnold faz um surpreendente perfil de Dika Newlin (1923-2006). O artigo pode ser acessado clicando aqui. 

Dika estudou com Arnold Schoenberg (1874-1951) quando este foi professor na Universidade da Califórnia, nos anos 1930 (o criador da música dodecafônica ou serial fugia então do nazismo). Dika foi uma de suas alunas preferidas de composição.

Organizou a edição em inglês de seus ensaios, “Syle and Idea”, e traduziu alguns deles. Sua tese foi sobre Mahler, Bruckner e Schoenberg. Mas, após a morte do seu mestre em 1951, e mesmo tocando uma carreira de professora de composição na universidade do Texas, Dika aos poucos foi se desencantando com a vanguarda… e assumiu seu lado de roqueira.

Ela faz do que seriam desafinações sua marca registrada. Ela não tem medo de dissonâncias – herança de seu lado vanguardista. Vale a pena conhecer esta mulher de enorme coragem pessoal e artística, que estudou também piano com superstars como Arthur Schnabel e Rudolf Serkin.

Publicou em 1980 o livro “Schoenberg Remembered”. Mas dedicou o melhor de suas duas últimas décadas de 20 ao… punk rock.

confira a letra deste rock-protesto, ‘murder city'(em inglês):

I’m living in murder city, tryin my best to stay alive
Yes I’m livin in murder city, doin what I can to survive
Always look behind you on the nighttime street
Listen for the following of furtive feet
Maybe a follower is carrying a knife
If you haven’t any money, he’d just as soon take your life
In murder city

The other night some prominent citizens had this to say
What to do about murder city
If we don’t talk about it, maybe it will go away
Well they don’t have to worry about nighttime attacks
As they ride around protected in their Cadillacs
I used to take a walk unarmed but now I think twice
I never go out without my pocket nuclear device in…
Murder city, murder city,murder city
Ooohhhhhh, yes it’s murder city
Ooohhhhhh, murder city ooohhhhhh
And I dreamed of drug dealers, faith healers, ministers and ???
Rose up(?) like an army of the murder city ???
Child killer, gay boy, playgirl stabbed in bed
Marching all together in the legions of the dead
But then I woke up and I said…
Don’t you tell me it’s all society’s fault
Because…it only takes one to kill in….
Murder city, murder City
And that’s how it is, in murder city U.S.A. Richmond, Va.
Be careful as you walk tonight
In murder city