divulgação
blog > há cem anos a música era assim I: música política na veia

há cem anos a música era assim I: música política na veia

”finlândia”, obra de jean sibelius, é adotada como hino do país que conquista independência em 1917

são pouco menos de 10 minutos de música orquestral, que começam com um andante sostenuto ameaçador e solene, retratando a finlândia nas trevas e sob domínio externo russo; e na sequência um allegro dramático em que a finlândia desperta e o conflito decisivo acontece: ele vem em três ondas, com um episódio central que é um hino, terminando com uma apoteose retratando a finlândia livre que olha para o futuro.

O compositor finlandês Jean Sibelius (1865-1957) escreveu este curto poema sinfônico, seu opus 26, em 1901, para uma reunião da imprensa finlandesa na capital Helsínquia.

O evento era um protesto disfarçado contra o aperto na censura do império russo sobre o país.

Nos anos seguintes, de luta da Finlândia para se livrar do domínio russo, a peça foi muitas vezes tocada com outros nomes – como Sentimentos Felizes ou então Primavera Finlandesa — , só para driblar os censores russos.

Em 1917, cem anos atrás, ela foi adotada como hino nacional da Finlândia.  E Sibelius foi entronizado como compositor-símbolo de seu país.

A versão escolhida infelizmente não indica os intérpretes, mas é de ótima qualidade artística. E traz, como bônus, um audiovisual que passeia pelas belezas naturais da Finlândia, dirigido por Oliver Goetzl em 2011.

Posts Relacionados