íntegra | a criança na família brasileira e a discriminação racial e social, com ivone ferreira caetano

Há um conceito histórico na criação dos filhos no Brasil apresentado de acordo com as classes sociais, especialmente dos excluídos, tendo em vista os segmentos étnicos e sociais, levando em consideração os grupos brancos, negros e indígenas. As transformações e sedimentações da personalidade na infância dependerão do ambiente familiar e social no qual as crianças transitarem. Neste contexto a criança torna-se invisível e, especificamente, a criança negra, a quem era imposta a cultura do silêncio, gerando fugas e suicídios, inclusive analfabetismo imposto por lei e recolhimento por instituições assistenciais para crianças negras abandonadas ou entregues para que as mães, em regra escravas, amamentassem as crianças brancas das famílias escravagistas. Em que pese a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente, não foram elididos os resquícios da escravidão sendo certo que seus efeitos repercutem até hoje.

Palestrante:

ivone ferreira caetano

desembargadora do tribunal de justiça do estado do rio de janeiro (TJ-RJ).

sobre o cpfl play

aqui você encontrará toda a coleção de vídeos produzida em encontros do instituto cpfl desde 2003. são milhares de horas com os maiores pensadores brasileiros, artistas, convidados internacionais. todo o acesso é gratuito, e o acervo está organizado por temas, coleções, séries, palestrantes, para que você possa navegar pelo conhecimento contemporâneo da melhor maneira possível. bom proveito!