íntegra | violência e drogas: o retrato da desesperança, com diana e mário corso

Por quê, e como, a adolescência é retratada e concebida de acordo ao mais trágico dos quadros esperados? Como esse preconceito para com os adolescentes nos contamina, e nos impede de ver o que realmente temos em frente? Interrogamos a que fantasias dos adultos essa visão deturpada corresponde, assim como quais são os efeitos sobre os jovens de cada época dessas expectativas.

Palestrante:

diana corso

é psicanalista

Palestrante:

sobre o cpfl play

aqui você encontrará toda a coleção de vídeos produzida em encontros do instituto cpfl desde 2003. são milhares de horas com os maiores pensadores brasileiros, artistas, convidados internacionais. todo o acesso é gratuito, e o acervo está organizado por temas, coleções, séries, palestrantes, para que você possa navegar pelo conhecimento contemporâneo da melhor maneira possível. bom proveito!