5 vídeos

a finitude face à revolução da longevidade

com curadoria de alexandre kalache, aborda a questão da longevidade sob as perspectivas jurídicas, antropológicas e de saúde pública.

serie (5): a finitude face à revolução da longevidade

  • íntegra | cuidados paliativos: ciência e proteção ao fim da vida, com claudia burlá

    cuidados paliativos são uma modalidade de intervenção indicada para pessoas com doença prolongada, incurável e progressiva, a fim de prevenir e aliviar o sofrimento e lhes proporcionar qualidade de vida, incluindo seus familiares. centram-se na valorização da pessoa doente e buscam o alívio dos sintomas que a afligem. a abrangência da sua prática, alcançando familiares e profissionais envolvidos, aciona um novo paradigma para cuidados ao fim da vida. em nome da ética e da ciência, da dignidade e do bem-estar de cada ser humano é preciso tornar os cuidados paliativos uma realidade cada vez mais presente.
  • versão para tv | finitude e infinitude, com ligia py

    a tensão entre a inexorabilidade da finitude e o desejo da infinitude orienta o ser humano a construir ilusões de imortalidade, no curso de uma dolorosa experiência de desilusões pelas frustrações e perdas inelutáveis. a consciência da finitude o instiga a interpelações sobre o futuro, à invenção de outros destinos com outras significações, surpreendendo-se nas frestas da infinitude dos sonhos vorazes por realizações. à mercê da fragilidade da vida, segue aprendendo que a sua existência finita é pautada em ganhar e perder, construir e destruir, mover e frear, sofrer e gozar… até o último dos seus dias.
  • versão para tv | a revolução da longevidade, com alexandre kalache

    quando é que a gente vai morrer? essa é a pergunta que ninguém gostaria de responder. mas encará-la nos ajuda a planejar como é que a gente vai viver. a boa notícia é que a expectativa de vida cresce no brasil. teremos mais anos para viver, teremos tempo de envelhecer… esse aumento na linha de vida, muda a composição das famílias. já não nascem tantas crianças e o número de pessoas que chegam à velhice aumenta cada vez mais. nos retratos familiares, aparecem mais avós e menos netos. neste café filosófico, alexandre kalache, médico e estudioso da velhice, fala sobre a revolução da longevidade e como ela transforma o nosso jeito de ver e planejar a vida.

sobre o cpfl play

aqui você encontrará toda a coleção de vídeos produzida em encontros do instituto cpfl desde 2003. são milhares de horas com os maiores pensadores brasileiros, artistas, convidados internacionais. todo o acesso é gratuito, e o acervo está organizado por temas, coleções, séries, palestrantes, para que você possa navegar pelo conhecimento contemporâneo da melhor maneira possível. bom proveito!