cafe filosófico

Sigmund Freud | ideias que colam

Sigmund Freud, o “pai da psicanálise”, foi médico, especialista em neurologia.

Depois de anos de estudo e observação, começou a achar que era possível tratar de um jeito novo as doenças da mente. Sem fazer lobotomia, processo comum na época que tirava um pedaço do cérebro da pessoa.

Para Freud, as pessoas têm desejos inconscientes. Esses desejos influenciam o comportamento de todo mundo. E isso já começa quando a gente nasce.

Freud desenvolveu os conceitos de id, ego, superego e também como esse conjunto que forma nossa personalidade podem gerar as neuroses e manias. Basicamente o que o psicanalista dizia era que existiam forças na nossa mente em luta constante no insconsciente.

Ele dizia ter achado um jeito de acessar o inconsciente. Uma das formas de fazer isso, eram os sonhos. Pelos sonhos, nossos desejos reprimidos apareciam. Um dos livros mais famosos do Freud chama “A Interpretação dos Sonhos”.

Os outros jeitos ele chamou de Livre Associação e Ato Falho. Há também uma teoria bem conhecida: o Complexo de Édipo. Freud interpretava que todo filho tem um desejo inconsciente pela propria mãe.

Por causa de Freud muita coisa mudou no mundo. O jeito de tratar doenças da mente, o jeito de educar crianças e de nos conhecer. Não à toa ele é chamado de “pai da psicanálise”.