26
ago

26/08 | sex | 19h | café filosófico cpfl ao vivo: Melancolia na infância, com Julieta Jerusalinsky

  • 19:00

clique aqui para assistir ao vivo a partir das 19h!

café filosófico cpfl ao vivo

Melancolia na vida cotidiana

A julgar pelo empenho da indústria farmacêutica em vender as sempre novíssimas gerações de antidepressivos, é possível imaginar que o mundo ocidental vem sofrendo uma crescente epidemia de depressão. “Epidemia” esta, que cresce em razão direta dos lucros dos fabricantes de remédios. As quatro conferências quem compõem este módulo pretendem questionar esta certeza que já tem a força de uma nova ideologia. Somos todos candidatos potenciais à depressão? O consumo de remédios seria a única solução para nosso mal-estar cotidiano? A proposta é produzir discursos críticos que, sem ignorar a melancolia contemporânea, busquem causas e apontem rumos diferentes daqueles propostos pela psicofarmacologia.

26/08 | sex | 19h

Melancolia na infância

Com Julieta Jerusalinsky, psicóloga e professora da PUC-SP

Há lugar para a tristeza na infância?

Geralmente tendemos a idealizar a infância como uma época cheia de vivacidade em que um estado de permanente criatividade impediria qualquer manifestação de tristeza. No entanto, encontramos crianças que se sentem profundamente entediadas, sem curiosidade ou tempo para inventar diante de suas agendas cheias.Ao submeter as crianças a um pragmático princípio de super equipa-las par o futuro, em uma permanente produção maníaca de ofertas de informação e de consumo, pode-se estar tirando delas algo fundamental: o encontro com um certo vazio e uma certa tristeza que fazem parte da vida e  que são necessários para poder desejar e inventar. Ao querer poupa-las de toda e qualquer tristeza podemos deixa-las assoladas pela melancolia.

local: instituto cpfl cultura (rua jorge figueiredo corrêa, 1632, chácara primavera, campinas – sp);
capacidade: 180 lugares;
classificação etária: 14 anos;
transmissão online pelo http://www.institutocpfl.org.br/cultura/aovivo
entrada gratuita, por ordem de chegada, a partir das 18h. vagas limitadas (lotação da capacidade da sala);
mais informações: 19. 3756-8000