13
ago

Velhice, pra que te quero? – Jorge Forbes

  • 22:00

Já é fato: nossa perspectiva de vida está batendo nos cem anos! E agora meu velho? – “O trabalho acabou, os filhos se foram, as dores chegaram, arre!”. Se continuarmos impotentes a enxergar a velhice como o fim dos projetos, o vazio do presente e a saudade do passado, seremos cúmplices da epidemia de depressão que se instala. Um novo velho está nascendo, não tanto o da experiência, como se dizia, mas o da criatividade: passado o tempo do embate pela vida, chega o momento de viajar na bagagem selecionada e de visualizar novos campos de pouso, longe dos asilos do mundo anterior. A psicanálise pode nos dar pistas.

Gravada no dia 25 de maio de 2012 em Campinas.

O Café Filosófico CPFL vai ao ar na TV Cultura às 22h.