23
abr
até
29
abr

É tudo verdade | 18. Festival Internacional de Documentários | 2013

  • 17:00

Principal evento dedicado à cultura do documentário na América Latina, É Tudo Verdade – 18º Festival Internacional de Documentários será apresentado em Campinas, na CPFL Cultura, nos dias 23, 24, 25, 27 e 28 de abril.

Estarão presentes na abertura do evento, dia 23 (terça), às 21h, o criador do Festival, Amir Labaki e o diretor do filme “Mataram Meu Irmão”, Cristiano Burlan, contemplado com o Prêmio CPFL Energia/É Tudo Verdade “Janela para o Contemporâneo. 

Já o diretor do filme Sinfonia Paulistana, um Novo Olhar, Rogério Zagallo, estará na CPFL Cultura no dia 25. 04, às 21h, na exibição de seu filme.

“Trazer novamente o festival para Campinas é uma oportunidade para a cidade e a região de entrar em contato com o que há de melhor no cinema documentário mundial”, afirma Augusto Rodrigues, diretor de Comunicação e Relações Institucionais da CPFL Energia. A seleção em Campinas foi feita pelo criador e curador do Festival É Tudo Verdade, Amir Labaki, com a intenção de oferecer um panorama sintético das edições de São Paulo e Rio de Janeiro.

A edição local trará o foco latino-americano; parte da retrospectiva internacional, que neste ano presta homenagem a um dos pais do cinema documentário, o cineasta soviético Dziga Vertov (1896-1954); uma retrospectiva brasileira e os vencedores das principais competições. Sobre o Prêmio CPFL Energia/É Tudo Verdade “Janela para o Contemporâneo”, patrocinado pelo oitavo ano consecutivo, Augusto Rodrigues é decisivo: “É uma das maneiras que encontramos para apoiar os realizadores brasileiros de documentários. A experiência mostra que os vencedores usam o valor do prêmio para novas produções, validando a nossa intenção de colaborar para o fortalecimento da produção nacional”.

Fundado e dirigido por Amir Labaki, É Tudo Verdade é uma co-realização da CPFL CULTURA, BNDES, SABESP, PETROBRAS, CCBB e RIOFILME. Conta com o apoio do Ministério da Cultura – Secretaria do Audiovisual, através da lei 8.313/91 (Lei Rouanet) e da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo – Programa de Ação Cultural/PROAC, e apoio institucional da Imprensa Oficial de São Paulo e da Secretaria de Cultura da Prefeitura da Cidade de São Paulo.

Confira a programação completa:

23/04 terça-feira

17h – FOCO LATINO-AMERICANO / LATIN AMERICAN SHOWCASE
O Almanaque / El Almanaque 
JOSÉ PEDRO CHARLO / URUGUAI /73’ / Digital

Em setembro de 1972, o jovem estudante de Arquitetura Jorge Tiscornia torna-se mais um dos milhares de presos políticos do presídio ironicamente chamado de Libertad, perto de Montevidéu. Pelos próximos 12 anos, ele viverá ali, numa cela de 2 m x 3,50 m, na qual os detentos passam 23 horas diárias, severamente vigiados. Apesar do risco, ele consegue manter um registro secreto destes 4.646 dias.

19h – O ESTADO DAS COISAS / THE STATE OF THINGS
Dinheiro à Toa: Dentro da Reserva Federal / Money For Nothing: Inside the Federal Reserve
JIM BRUCE / EUA / USA / 107′ / Digital

Administradores, economistas, historiadores e investidores debruçam-se sobre o papel que o Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano, a instituição financeira mais poderosa do mundo, desempenhou no desencadeamento da crise global de 2008 – e analisam as possibilidades de que o desastre possa repetir-se em futuro próximo.

21h – VENCEDOR COMPETIÇÃO BRASILEIRA LONGAS / WINNER BRAZILIAN COMPETITION FEATURE FILMS
Mataram Meu Irmão
CRISTIANO BURLAN / 77′ /COR / HD CAM / 2013

Reconstituindo os detalhes da morte de seu irmão, Rafael Burlan da Silva, ocorrida há 12 anos, o cineasta Cristiano Burlan lança-se a uma jornada pessoal que conduz ao coração de um círculo de violência em torno dos bairros da periferia paulistana – como o Capão Redondo, onde morava a família e o irmão, de 22 anos, foi morto com sete tiros, em 2001. Explorando as razões do envolvimento do irmão com drogas e roubo de carros, o diretor expõe partes de sua própria história familiar, ouvindo parentes e amigos, cujos depoimentos trazem à tona os destinos de diversos personagens, mapeando o histórico de dolorosas feridas emocionais.

24/04 quarta-feira

17h – RETROSPECTIVA BRASILEIRA – “JANGO” E O CAMINHO PARA 1964 / BRAZILIAN RETROSPECTIVE – “JANGO” ANDE THE ROAD TO 1964
Jango
SILVIO TENDLER / BRASIL /117’ / Digital

Tendo como fio condutor a biografia do presidente João Goulart (1919-1976), de sua ascensão à derrubada pelo golpe militar de 1964, o filme reconstitui a vida política do Brasil nos anos 1960, recorrendo a materiais de arquivo e diversas entrevistas.

19h – O ESTADO DAS COISAS / THE STATE OF THINGS
A Rainha de Versailles / The Queen of Versailles
LAUREN GREENFIELD / EUA /100’ / Digital

De origem humilde, David e Jackie Siegel construíram uma trajetória de sucesso e riqueza que os tornou um verdadeiro paradigma do Sonho Americano, cujo ápice foi o projeto de construir a maior residência dos EUA, numa área de 28.000 metros quadrados. Na crise mundial de 2008, a própria mansão torna-se o símbolo de uma drástica virada, essencial para a sobrevivência econômica do clã.

21h – VENCEDOR COMPETIÇÃO INTERNACIONAL LONGAS / WINNER INTERNATIONAL COMPETITION FEATURE FILMS
A Máquina que Faz tudo Sumir
TINATIN GURCHIANI, GEÓRGIA, ALEMANHA / 101′ / COR /  DCP / 2012

O anúncio de um processo de escolha de elenco para um filme, selecionando candidatos entre 15 e 23 anos, atrai jovens do campo e da cidade na república da Geórgia. As motivações de cada um diferem. Alguns querem ser famosos, outros, compartilhar suas histórias pessoais, outros ainda, encontrar um caminho em vidas que estão apenas começando. Sonhadores, depressivos ou despossuídos, eles formam um curioso mosaico humano que carrega consigo os fragmentos da história recente da ex-república soviética que, após o naufrágio da utopia comunista e do sonho de potência da URSS, enfrentou uma série de conflitos militares que tornaram mais sombrias as perspectivas de futuro da nova geração.

25/04 quinta-feira

17h – RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: DZIGA VERTOV/ INTERNATIONAL RETROSPECTIVE: DZIGA VERTOV
O Homem com a Câmera / The Man with the Movie Câmera
DZIGA VERTOV / RÚSSIA /70’

Um ensaio sobre um dia na vida de uma metrópole soviética, num elogio da supremacia realista do olho da câmera frente ao olho humano.

19h – O ESTADO DAS COISAS / THE STATE OF THINGS
Comissário / The Commissioner
PEKKA LEHTO / FINLÂNDIA, GRÉCIA /53’ / Digital

O comissário para Assuntos Econômicos e Monetários da União Europeia, Olli Rehn, é acompanhado por dois anos, no delicado período em que teve que enfrentar o agravamento da crise grega e o mergulho da zona do euro na recessão, na primavera de 2010. Abalado pelos desafios, ele procura alternativas para manter a união do continente.

21h – PROGRAMAS ESPECIAIS / SPECIAL PROGRAMS
Sinfonia Paulistana, Um Novo Olhar / A New Look At “Sinfonia Paulistana”
ROGÉRIO ZAGALLO / BRASIL /83’ / Digital

Iniciada em 1954, quarto centenário da cidade de São Paulo, a “Sinfonia Paulistana”, de Billy Blanco (1924-2011), desdobrou-se em 14 músicas e um tema, somente gravados 20 anos depois. Virando tema de rádio, perdeu-se a história desta rica homenagem à metrópole, recuperada em raras imagens do cantor e compositor paraense, que passeia por endereços e personagens definidores da Paulicéia.

27/04 sábado

17h – SESSÃO DE ABERTURA – RJ / OPENING SCREENING – RJ
Plimpton! Estrelando George Plimpton como Ele Mesmo / Plimpton! Starring George Plimpton as Himself
TOM BEAN, LUKE POLING / EUA /87’ / Digital

Escritor, fundador da conceituada revista literária “Paris Review”, esportista e ator, o norte-americano George Plimpton (1927-2003) realizou tantas coisas na vida que sua biografia parece não pertencer a uma única pessoa. Contando com narração dele mesmo, depoimentos como do escritor Gay Talese e do cineasta Albert Maysles, raras fotos e imagens de arquivo, reconstitui-se este perfil extraordinário.

19h – VENCEDOR COMPETIÇÃO INTERNACIONAL LONGAS / WINNER INTERNATIONAL COMPETITION FEATURE FILMS
A Máquina que Faz tudo Sumir
TINATIN GURCHIANI, GEÓRGIA, ALEMANHA / 101′ / COR /  DCP / 2012

O anúncio de um processo de escolha de elenco para um filme, selecionando candidatos entre 15 e 23 anos, atrai jovens do campo e da cidade na república da Geórgia. As motivações de cada um diferem. Alguns querem ser famosos, outros, compartilhar suas histórias pessoais, outros ainda, encontrar um caminho em vidas que estão apenas começando. Sonhadores, depressivos ou despossuídos, eles formam um curioso mosaico humano que carrega consigo os fragmentos da história recente da ex-república soviética que, após o naufrágio da utopia comunista e do sonho de potência da URSS, enfrentou uma série de conflitos militares que tornaram mais sombrias as perspectivas de futuro da nova geração.

21h – O ESTADO DAS COISAS / THE STATE OF THINGS
Dinheiro à Toa: Dentro da Reserva Federal / Money For Nothing: Inside the Federal Reserve
JIM BRUCE / EUA / USA / 107′ / Digital

Administradores, economistas, historiadores e investidores debruçam-se sobre o papel que o Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano, a instituição financeira mais poderosa do mundo, desempenhou no desencadeamento da crise global de 2008 – e analisam as possibilidades de que o desastre possa repetir-se em futuro próximo.

 

28/04 domingo

17h – O ESTADO DAS COISAS / THE STATE OF THINGS
O Fantasma de Valentino / Valentino’s Ghost
MICHAEL SINGH / EUA /95’ / Digital

Resultado de uma pesquisa de seis anos, o filme procura examinar a satanização da figura dos muçulmanos, árabes e do Islã na mídia norte-americana, dedicando especial atenção aos estereótipos criados por Hollywood, das fantasias sobre xeiques em palácios dourados, encarnadas por Rodolfo Valentino, até a cristalização de uma imagem de fanatismo.

19h – VENCEDOR COMPETIÇÃO BRASILEIRA LONGAS / WINNER BRAZILIAN COMPETITION FEATURE FILMS
Mataram Meu Irmão
CRISTIANO BURLAN / 77′ /COR / HD CAM / 2013

Reconstituindo os detalhes da morte de seu irmão, Rafael Burlan da Silva, ocorrida há 12 anos, o cineasta Cristiano Burlan lança-se a uma jornada pessoal que conduz ao coração de um círculo de violência em torno dos bairros da periferia paulistana – como o Capão Redondo, onde morava a família e o irmão, de 22 anos, foi morto com sete tiros, em 2001. Explorando as razões do envolvimento do irmão com drogas e roubo de carros, o diretor expõe partes de sua própria história familiar, ouvindo parentes e amigos, cujos depoimentos trazem à tona os destinos de diversos personagens, mapeando o histórico de dolorosas feridas emocionais.

21h – ABERTURA – SP / OPENING SCREENING – SP
PAULO MOURA  Alma brasileira / PAULO MOURA Brazilian soul
EDUARDO ESCOREL / BRASIL /86’ / Digital

A trajetória do clarinetista, saxofonista, compositor, arranjador e regente paulista Paulo Moura (1932-2010) é recuperada em imagens de toda uma notável carreira, pontuada por uma formação clássica e um mergulho em outras direções, como a música popular e o jazz. Em depoimento inédito, o próprio músico narra momentos especiais de sua vida, como os breves encontros com Pixinguinha – com quem tocou em dois bailes – e também a participação na histórica noite de batismo da Bossa Nova, no Carnegie Hall, em Nova York, em 21 de novembro de 1962, ao lado de Tom Jobim e João Gilberto. Emerge deste material a figura de um artista versátil, talentoso e engajado, que alcançou prestígio internacional.

CPFL Cultura
Auditório Umuarama/CPFL Cultura: 
Rua Jorge Figueiredo Corrêa, 1.632, Chácara Primavera, Campinas
Entrada Gratuita, por ordem de chegada,  a partir de uma hora antes de cada sessão
Informações: 19-3756-8000 ou www.cpflcultura.com.br